Sunday, March 9, 2014

O gajo das histórias

O gajo das histórias lia todas as histórias, tentava ouvir todas as histórias, esforçava-se mesmo por viver algumas.
O gajo das histórias não tinha nem ciência, nem método - o gajo das histórias não ia lado nenhum e acabava comparado com o pai :
- Um gajo das feiras, a apregoar mantas e enxovais mais o chapéu de chuva de ocasião...

O gajo das feiras teve uma ideia "genial", arranjar uma contagem decrescente até ao seu desaparecimento completo, a sua obliteração absoluta : um canhão humano anunciando a sua impotência, despoletado pela conta da luz.

(Tocavas a campainha e andiatava a contagem, ligavas a luz da escada e contava mais um pouco, chegavas ao hall e...).

Um gajo sem história,

Thursday, January 23, 2014

Fellini on Passion





"There is no end. There is no beginning. There is only the passion of life." - Federico Fellini

Monday, July 8, 2013

Summer


Eishōsai Chōki (Japanese, active late 18th–early 19th century)

Thursday, December 13, 2012

Dezembro





as pessoas precisam de pessoas
as bocas de bocas
as mãos de mãos...
os olhares de olhares
e os risos alimentam-se de risos.

uma esperança

CHARLES ECKART
Storming Through the Gate
1963, ink and pastel on paper
16 x 23 inches

I am no grateful




Do not think I am no grateful for your small
kindness to me.
I like small kindnesses.
In fact I actually prefer them to the more
substantial kindness, that is always eyeing you,
like a large animal on a rug,
until your whole life reduces
to nothing but waking up morning after morning
cramped, and the bright sun shining on its tusks.


-Louise Glück-Gratitude
Louise GlückThe House on Marshland
The Ecco Press, New York (1975), p. 17
also The First Five Books of Poems
Carcanet Press, Manchester, UK, 1997, p. 75